Criando Marcas do Bem

O sonho de criar uma empresa e marca de sucesso cada vez mais passa por um olhar sobre a questão da sustentabilidade.

Quando falo a palavra “Sustentabilidade”, me refiro aos seus três pilares: social, econômico e ambiental. Para que uma empresa cresça de forma sustentável é necessário que ela saiba combinar todos os pilares de maneira harmoniosa.

Por onde começar então? Como criar uma marca que contribua para o crescimento e regeneração dos recursos existentes e não o contrário? E como fazer com que ela tenha sucesso e impacto positivo ao mesmo tempo?

Assim como as pessoas, as marcas são observadas por suas atitudes e os valores demonstrados através de suas escolhas cada vez mais influenciarão na aderência à produtos pelos consumidores.

A implacável, muitas vezes subconsciente, força que sustenta quase todo o comportamento do consumidor passa pela obtenção do status de consumir produtos os quais tenham e pratiquem socialmente os valores que se identifiquem.

A tendência cada vez mais presente da transparência e a vontade em querer mudar abre espaço para as empresas discutirem suas imperfeições com seus fornecedores e até seus clientes, de modo a buscar soluções para os problemas sustentáveis.

Todo designer é responsável pelo resíduo gerado pelas suas criações, bem como pela complexidade do processo produtivo. “Os designers têm hoje a tarefa de desinventar os lixos que foram criados por eles mesmos no passado através de produtos sem preocupação ecológica”, disse Bruno Temer, designer, engenheiro ambiental e um dos fundadores do escritório de design MateriaBrasil durante o evento Virada Sustentável realizado no Campus da Unisinos Porto Alegre em 30/03.

Como disse Camila Viana no evento, “Como proceder se em agosto passado já estávamos no cheque especial do planeta, onde já havíamos utilizado todos os recursos naturais disponíveis para todo o ano?”, não há mais espaço para projetos que não reflitam e auxiliem no meio sustentável para engajar e promover o reuso dos recursos. O “Greenwashing”, como é chamado o ato de maquiar os produtos das empresas e passar a percepção de que os seus produtos são ecoeficientes e corretos estão fora de questão hoje em dia, tanto pelo impacto ambiental que causam quanto pelo desgaste na relação com o consumidor, que hoje já tem o conhecimento do que é e o que não é bom para o consumo.

A tecnologia e o empreendedorismo social estão avançando cada vez mais para auxiliar na solução de problemas sustentáveis, sociais e econômicos e a partir de agora se tornar uma empresa sustentável pode se tornar uma escolha, e não mais um desafio.

O Design quando utilizado como ferramenta estratégica pode também auxiliar na criação de novos negócios sustentáveis.

O sistema-produto-serviço por exemplo, que procura resolver o problema em si eliminando a necessidade de consumo em massa de certo produto ou aparelho através da geração de serviços pode ser uma alternativa à empresas que querem se lançar ao mercado de maneira menos prejudicial ao planeta.

Existe um movimento que pretende disseminar no meio das empresas a prática sustentável através da certificação “Empresa B”. O Sistema B é um movimento global de empresas, com o objetivo de redefinir o conceito de sucesso nos negócios, para que esse seja medido não só pelo lucro, mas também pelo impacto socioambiental positivo gerado por elas.

Quem tem uma empresa e pretende saber mais sobre este sistema global, pode procurar a certificação desde que se alinhe junto às demais no objetivo de solucionar problemas ambientais e sociais.

 

PatriciaDambros

Patrícia D’Ambros
Master em Design Visual,
Especialista em Criatividade para novos Negócios.
Gestora de Processos criativos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s