PRIMEIROS PASSOS NO MARKETING DIGITAL: usando Redes Sociais.

Começando a usar Redes Sociais para vender mais

As pessoas passam grande parte do seu tempo navegando na internet, mais precisamente, nas redes sociais. O Facebook é a maior rede social do mundo em número de utilizadores (+2,2 bilhões), seguido pelo Youtube (1,5 bilhões). O Brasil é o terceiro país com maior número de usuários no Youtube (139 milhões -2017, fonte: Hootsuite). Não há argumentos que me faça, acreditar o contrário: nós vivemos nas redes sociais!

Desde o nascimento do Facebook, a rede que de fato revolucionou o mercado, até agora, as regras do jogo do marketing mudaram. Bilhões de dólares de orçamento de anúncios foi tirado das mídias tradicionais, como TV, outdoor, rádio, para mídias digitais.

Empresas nascentes na era digital já sabem muito bem como se relacionar com clientes e vender online (ver Netflix Case), empresas centenárias estão tendo que reaprender a fazer marketing.

Mas não só as grandes empresas que conseguem obter vantagem no mundo digital. Abriu-se também uma enorme oportunidade para profissionais autônomos e pequenas empresas expandirem seus negócios e ganharem mais usando a internet.

Closeup of business woman hand typing on laptop keyboard
FONTE: JANNOON028 / FREEPIK

Marketing digital, por onde começo?

E se você está pensando neste momento que o primeiro passo para ganhar dinheiro na internet é abrir uma loja online, você está enganado. Na minha experiência como especialista em marketing digital, o primeiro passo mais simples e eficiente para começar a experimentar e aprender a fazer marketing digital é pelas Redes Sociais. Mais simples porque elas já estão no nosso dia-a-dia pessoal. Mais eficiente porque, como você vai ver, o marketing hoje é centrado no relacionamento, não na promessa comercial pura.

Qual é o real impacto das redes sociais nos negócios?

As empresas demoraram um pouco para entender que a era digital exigiu uma mudança drástica na forma como nos relacionamos com os potenciais clientes, vendemos e fazemos parceria.

A internet aproximou literalmente todo o mundo, pessoas e empresas. Hoje empresas podem se comunicar, engajar e vender para alguém do outro lado do globo, mesmo sem ter filial internacional. Parece bobagem dizer isso, mas muita gente ainda não se deu conta de que a tecnologia hoje permite que um nutricionista que antes atendia apenas pessoas que viviam num raio de 20km de distância do seu consultório, agora pode atender pessoas que estão a milhares de quilômetros utilizando ferramentas de chamada online (ver skype, Google Hangout), sem pagar 1 centavo de ligação, nem taxa de transferência internacional (ver Paypal, Hotmart).

Se você já tem uma empresa, está começando um novo negócio ou se é profissional autônomo, e quer começar a usar as Redes Sociais para vender mais, este artigo é para você! Não importa se o que você vende são produtos físicos, digitais ou se presta serviços. O fato é que o marketing digital pode ser seu grande aliado alavancando o crescimento dos seus negócios.

Pointing at touchscreen
FONTE: PRESSFOTO – FREEPIK

 

Primeiros passos usando as redes sociais

Se você está pensando em usar as redes sociais para vender mais, mas não sabe por onde começar, aí vão os 5 passos que você deve seguir.

Passo 1: Quem é o público alvo?

Muitos esquecem mas o personagem principal do marketing é o seu cliente-alvo, as pessoas para as quais você pretende vender produtos ou serviços. Então, antes de escolher que rede social usar e o que publicar, temos que pensar sobre o seu público. Quem são as pessoas que podem ter interesse no seu produto ou serviço? Uma dica, pense nas características mais importantes dos seus clientes atuais. A idade é um fator relevante? O grau de escolaridade ou a profissão tem alguma relevância? Qual a afinidade deles com a tecnologia? Faça um desenho do seu cliente típico, anote todas as características, porque vamos voltar a ele muitas vezes para construir a sua estratégia.

As chances são que se nós conhecemos bem o público alvo, temos mais facilidade para decidir onde, o que e como usar redes sociais. Mas não se preocupe se parecer muito difícil responder todas essas perguntas nesse momento, faça o seu melhor. a partir do momento que você começar a avançar nas Redes Sociais comercialmente, mais e mais informações sobre o público algo chegarão para você. Esteja pronto para atualizar a Ficha do público alvo a qualquer momento.

Lembre-se sempre: o cliente vem em primeiro lugar!

Não crie nada, não publique nada antes de pensar no que o seu público gostaria.

pexels-photo-607812.jpeg

Passo 2: Qual Rede Social usar?

Agora que você já tem uma ideia de quem é o seu público, já podemos nos dedicar a escolher qual Rede Social você vai usar para direcionar aos seus negócios. Eu considero três fatores quando assessoro meus clientes a escolherem a rede social:

Você deve estar onde os seus potenciais clientes estão.

Primeiro e mais importante fator para decidir qual é a melhor rede social é saber qual é a rede social favorita do seu público alvo. Eles usam mais Facebook? Eles assistem muito youtube? Ou preferem Instagram? Você pode descobrir isso conversando com seus clientes atuais ou mesmo buscando informações de perfil dos usuários de cada Rede. Eu sei, por exemplo, que a idade média dos usuários do Instagram é menor do que dos do Facebook.

Escolha uma Rede Social que você saiba e goste de usar.

Um dos grandes benefícios em usar Redes Sociais em negócios é a proximidade com o público. É altamente recomendado que você aproveite esta proximidade para conhecer quem são, como se comportam e o que falam as pessoas interessadas pelo seu produto ou serviço. Isso quer dizer que, independente de você contratar ou não um profissional dedicado para cuidar das suas redes sociais, você terá que usar a Rede Social para interagir diretamente com seus potenciais clientes. Por isso, que eu sugiro que você escolha a que melhor se encaixe no seu estilo e conhecimento tecnológico.

Considere os recursos que cada rede social oferece.

O Youtube é totalmente voltado para a distribuição de vídeos. O Instagram só aceita vídeos de até 1 minuto. O Facebook permite links externos em publicações e tem uma ferramenta robusta de anúncios. O LinkedIn é voltado para assuntos profissionais. O Instagram é voltado quase que exclusivamente para belas imagens e o uso de hashtags é importantíssimo. Você percebe que existem muitas diferenças de possibilidades e limitações entre as redes sociais. O fato delas terem sucesso vem também do fato de terem um posicionamento claro e bem definido. Então além de considerar onde seus clientes estão e a sua preferência, considere também que recursos (texto, vídeo, links externos) podem contribuir mais para o seu negócio.

pexels-photo-533463.jpeg

Passo 3: O que publicar?

Eu penso que seja pouco provável que você goste daquelas pessoas que passam todo o tempo falando de si mesmas. Lembre-se disso quando criar conteúdos para as redes sociais da sua empresa! Mesmo que com interesses comerciais, você deve prover valor para as pessoas, gerar interesse e engajamento. Para conseguir isso, pense no seu perfil comercial como uma combinação de informação, entretenimento e oportunidades de venda. No marketing digital nós temos um mantra:

O conteúdo é REI.

Por que? Porque informação não é só uma das maiores finalidades porque as pessoas usam a internet, como também é uma forma de se relacionar e educar o seu potencial cliente sobre o produto ou serviço que você vende.

Avançando, faça uma lista de conteúdos que você considera interessante e relevante para o seu público. Devem ser conteúdos relacionados diretamente E indiretamente com seu negócio. Se você vende flores, por exemplo, poderia incluir na sua lista informações sobre como cuidar das plantas para que as flores durem mais tempo (exemplo só ilustrativo, pois eu não entendo de flores :).

Após fazer a lista, escolha 2 conteúdos para serem os temas dos posts do primeiro mês. Guarde esta lista inicial para consultá-la e atualizá-la no próximo mês. Você também poderá consultar seus seguidores sobre quais temas são do interesse deles. Esses interesses acabam aparecendo nos comentários, uma hora ou outra.

Passo 4: Como publicar?

Assim que você tenha definido que Rede Social usar e escolhido alguns conteúdos para começar, passamos para o quarto passo que é definir o formato das publicações. A liberdade de uso de diferente formatos depende da Rede Social que você escolhe usar, é claro. Exponho abaixo alguns dos formatos mais usados e seus benefícios. Avalie como estes formatos podem se adequar ao tipo de conteúdo, público e rede social que pretendes postar:

  • Vídeos: geram valor, atraem a atenção, gera aproximação e reputação. Mais usados no Youtube e Facebook.
  • Textos: geram valor, engajamento e declara opinião, sempre vem acompanhados de alguma imagem, ainda que seja meramente ilustrativa. Mais usados no Facebook e Instagram.
  • Fotos: geram aproximação, mas pouco valor. Mais usados no Instagram e Facebook.
  • Imagens com Frases (Cards): são populares por gerar identificação. Mais usados no Instagram e Facebook.

Utilize mais de um formato quando possível.

Escolha dois ou três formatos principais para iniciar. Primeiro porque você precisará testar o que mais funciona com o seu público. Não existe uma regra que diga que vídeos funcionam melhor do que textos, por exemplo. Você vai descobrir o que tem mais aderência ao seu público à medida que experimenta com consistência (próximo passo).

O que define o sucesso de um post é um conjunto de pelo menos três fatores: qualidade do conteúdo (=Valor entregue), a qualidade da imagem/vídeo que a representa, a assertividade da linguagem utilizada(escrita ou falada). Mantenha-se sempre alerta a estes três fatores. Se você optar por fazer tudo sozinho, as suas habilidades em produzir esse tripé nos diferentes formatos pode ser determinante escolher os formatos de publicação.

pexels-photo-908298.jpeg

 

Passo 5: Quando publicar?

Enfim chegamos ao quinto e último passo para começar a usar redes sociais comercialmente. Antes de montarmos o cronograma mensal vamos dar uma olhada nos requisitos do QUANDO postar. Neste passo basicamente precisamos nos comprometer e cumprir com uma Frequência e Consistência de publicações.

Frequência de publicações recomendada.

Eu recomendo uma frequência mínima de 1 vez ao dia se usar Instagram ou Facebook e pelo menos 1 vez na semana se usar Youtube (busque informações extras para outras redes sociais). Perceba que redes sociais como o Facebook e o Instagram são usadas diariamente e várias horas por dia!! Se você quer se fazer presente por lá não pode escapar de postar uma vez ao dia. Aos poucos você descobrirá que aparecer no feed de notícias do seu público é uma batalha diária e disputadíssima. Já o Youtube tem uma sistemática totalmente diferente. As atualizações ou o feed não é a arma principal do Youtube, são as recomendações e a quantidade de seguidores que tem notificações ativadas (suprasumo do Youtube!). Se você postar 1 vídeo por semana pelo menos, já estará apto a começar a construir uma reputação na rede.

Constância e consistência.

A segunda questão do QUANDO é tão importante quando a frequência, é a constância e a consistência. É essencial que mantenha-se a frequência estabelecida e que os conteúdos estejam consistentes com o seu planejamento (O QUÊ). Quanto mais tempo você permanece cumprindo o cronograma mais seu público se acostuma e espera por suas publicações e mais a rede social te interpreta como merecedor de maior distribuição e alcance. Isso quer dizer que, especialmente o Youtube, sugere mais seus vídeos à medida que você tem maior quantidade de vídeos publicados e constância do envio de novos vídeos. Eu sei que pode ser difícil no início cumprir o cronograma, mas entenda que é necessário! Se você não tem tempo ou disciplina para cumpri-lo, siga meu conselho e chame um profissional especializado para ajudá-lo.

Se você quiser a minha opinião ou ajuda, me envie um e-mail, ficarei feliz em ajudá-lo (rafaela@sanzi.com.br).

Estes são os 5 passos que na minha opinião profissionais e empreendedores deveriam seguir para começar a usar Redes Sociais comercialmente. O que você achou deste artigo? Ajude-nos a produzir conteúdos valiosos para você deixando a sua opinião nos comentários. 🙂

RafaelaSanzi

Rafaela P. Sanzi
Master in Business Administration.
Especialista em empreendedorismo e inovação.
Consultora empresarial.

2 Comments Add yours

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s